Rotas

Rotas visa afiançar e aprofundar a prática do desenvolvimento de base entre os membros a partir da troca de conhecimento, diálogo e reflexão com os protagonistas de experiências concretas.

As visitas de Aprendizagem podem orientar-se em conhecer e aprender sobre uma experiência comunitária em particular, assim como aprender sobre uma temática (incidência em políticas públicas, avaliação, etc). Podem incluir, dependendo da relevância, diálogos com outras organizações públicas, civis e acadêmicas relacionadas com a experiência e o tema de aprendizagem.

Cada Visita de Aprendizagem e Intercâmbio deve ter uma duração determinada, um objetivo claro, uma estrutura e uma agenda de trabalho definida, assim como os resultados esperados.

 

 

Como se estruturam as Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio?

Na RedEAmérica, as Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio nascem a partir da demanda ou da oferta de algum membro da Rede. 

Estas visitas podem ser individuais ou grupais. Denominam-se visitas de aprendizagem e intercâmbio individuais, quando um membro da Rede expressa seu interesse em ampliar seu conhecimento sobre um determinado tema ou experiência, e a Rede facilita o contato e contribui na estruturação da visita.

As grupais são aquelas visitas de aprendizagem e intercâmbio estruturadas por parte da RedEAmérica a partir de: i) a oferta de um membro para receber um grupo; ii) a petição coletiva por parte de um grupo de membros; iii) a oferta da Rede quando identifica interesse em aprofundar uma temática específica e oferece esta possibilidade aberta à participação de todos os membros.

Em qualquer caso, os membros podem expressar seu interesse em realizar Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio (demanda individual ou coletiva) preenchendo o Anexo 2: Formato de demanda para visitas de aprendizagem e intercâmbio, ou expressar sua oferta aos membros da RedEAmérica (oferta) preenchendo o Anexo 1: Formato de oferta para visitas de aprendizagem e intercâmbio e fazendo o envio ao correio direccionejecutiva@redeamerica.org

A duração e a agenda de trabalho são estruturadas conjuntamente com os participantes, sejam eles visitantes ou anfitriões, com o objetivo de detectar e responder às expectativas e interesses das partes.

Links para baixar os arquivos:

Anexo 1: Formato de oferta para visitas de aprendizagem e intercâmbio
Anexo 2: Formato de demanda para visitas de aprendizagem e intercâmbio
Anexo 3: Formato de relatório de visitas de aprendizagem e intercâmbio
Anexo 4: Formato de relatório para visitas de aprendizagem para a organização anfitriã
Anexo 5: Formato para estruturar as visitas de aprendizagem e intercâmbio

Há um momento do ano determinado para receber as petições de Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio?

Em março de 2016 abrirá o edital do programa ROTAS- Visitas de Aprendizagem. A Direção Executiva anunciará a abertura e o prazo limite. 

Com base na oferta e demanda das visitas, a Direção Executiva acompanhará e apoiará a implementação de duas (2) ROTAS a serem realizadas no máximo no mês de setembro.

Quais são as responsabilidades da RedEAmérica frente a ROTAS?

Para as Visitas Individuais de Aprendizagem e Intercâmbio:

  • Detectar a demanda e oferta de Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio por parte de seus membros.
  • Identificar e propor organizações e experiências a serem visitadas, segundo a demanda expressa.
  • Facilitar o contato entre a organização visitante e a organização anfitriã
  • Estruturar conjuntamente com as organizações visitante e anfitriã a duração, os objetivos da atividade, a agenda e a dinâmica de trabalho
  • Coletar os relatórios das visitas realizadas

Para as Visitas Grupais de Aprendizagem e Intercâmbio:

  • Detectar a demanda e a oferta de Visitas de Aprendizagem e Intercâmbio ou propor uma oferta de visitas
  • Identificar e propor organizações e experiências a serem visitadas
  • Facilitar o contato entre as organizações visitantes e a organização anfitriã
  • Estruturar conjuntamente com as organizações visitantes e anfitriãs a duração, os objetivos da atividade, a agenda e a dinâmica de trabalho
  • Coordenar, junto com a organização anfitriã, aspectos da logística para a realização da visita
  • Acompanhar a realização da visita em campo para garantir que os objetivos sejam cumpridos. .
  • Coletar os relatórios das visitas realizadas

Quais são as responsabilidades da organização anfitriã?

  • Estruturar conjuntamente com a organização anfitriã e a Direção Executiva, a duração, os objetivos da atividade, a agenda e a dinâmica de trabalho.
  • Coordenar junto com a Direção Executiva, aspectos da logística para a realização da visita (hotel, deslocamento terrestre, espaços de reunião, aspectos de segurança, etc), quando for grupal.
  • Facilitar informação aos visitantes sobre aspectos logísticos (hotel, deslocamentos, etc) quando forem visitas individuais.
  • Facilitar os contatos com os protagonistas das experiências a serem visitadas
  • Facilitar pessoal da organização para acompanhar a visita e transmitir a informação, conhecimentos e aprendizados da experiência.
  • Oferecer informação, conhecimentos e aprendizados sobre a experiência, de forma generosa e transparente.
  • Dispor de recursos para algumas facilidades menores como lanches, espaços de encontro, transporte local, internet, papelaria, etc.
  • Garantir que os objetivos sejam atingidos
  • Entregar o relatório da visita à RedEAmérica

Quais são as responsabilidades da organização visitante?

  • Estruturar conjuntamente com a organização anfitriã e a Direção Executiva, a duração, os objetivos da atividade, a agenda e a dinâmica de trabalho.
  • Participar ativamente no desenvolvimento da visita, indagando e compartilhando informação, conhecimentos e aprendizados.
  • Assumir a gestão logística do seu deslocamento, hospedagem e alimentação, assim como as despesas respectivas.
  • Garantir que os objetivos da visita de Intercâmbio e Aprendizagem sejam atingidos
  • Entregar o relatório da visita à RedEAmérica

Quem pode acessar a Rotas?

As organizações membros da RedEAmérica, seja pessoal da diretoria ou técnico. 

Também poderão participar por recomendação das organizações membro, outras organizações de base ou ONG através das quais o membro impulsione projetos em desenvolvimento de base. Nesse caso, o membro da Rede deverá assumir as despesas respectivas.

Reciba nuestro boletín mensual

Aprendizagem

 

Radar –“Como estamos e como melhoramos”

Oferece uma ferramenta de autodiagnóstico que permite avaliar os avanços na aplicação do enfoque de desenvolvimento de base e definir campos de melhoramento na prática.

Explora mais


 

Rotas –“Aprendendo da prática”

Promove visitas de aprendizagem onde se trocam experiências e conhecimentos entre os assistentes (membros) e os protagonistas de projetos em torno da construção de comunidades sustentáveis.

Explora mais


 

Formação – “Aprendendo e compartilhando conhecimento”

Estimula estratégias de formação permanente (cursos virtuais, ciclos de aprendizagem, entre outros) de modo a contribuir para melhorar de forma contínua a prática de seus membros na promoção de comunidades sustentáveis com enfoque de desenvolvimento de base.

Explora mais


 

Publicações –“Um espaço para co-criar conhecimento”

Propicia a co-criação de conhecimento entre seus membros e especialistas, publicando informação relevante para incidir no envolvimento do setor empresarial com as comunidades e gerar ambientes sustentáveis.

Explora mais


 

Fóruns e Rodadas de aprendizagem –“Propor e avançar juntos”

Cria espaços de intercâmbio de conhecimento e experiências sobre temas de interesse propostos pelos membros para qualificar as práticas e expandir a ação empresarial.

Explora mais


 

 

Copyright 2018 RedEAmérica | TERMINOS Y CONDICIONES