Buenas Prácticas

Affordable Housing

Organização postulante: LafargeHolcim Brasil

País: Brasil

Município: Rio de Janeiro

Localização: Urbana

Estado atual: Em execução

Data de início: 2014-06-02

Nome das organizações que participam da experiência: 

o LafargeHolcim
o Santander
o Banco do Nordeste
o Banco Estrela
o ONU-HABITAT
o World Urban Campaign
o Banco Interamericano de Desenvolvimento (IDB)
o Rede de Ação Empresarial Inclusiva (IBAN)
o Organização Internacional do Trabalho (OIT)
o SEBRAE
o Rede Lupinho Material de Construção
o Emimar Material de Construção
o Duas Irmãs Material de Construção
o Odlanor Material de Construção
o JJM Material de Construção
o Casa Nobre Material de Construção

Como nasceu esta experiência?

Sustentabilidade para a LafargeHolcim é um dos quatro pilares estratégicos do Grupo. O tema está presente no plano de negócios da empresa e orienta diariamente sua tomada de decisões e realização de ações. A visão é “existir e prover materiais e soluções para que o mundo possa construir melhor”.

Como líder global na indústria de materiais de construção, acreditamos que o modo como gerimos nossas relações econômicas, sociais e ambientais tem um impacto decisivo em nosso sucesso. Por isso, a LafargeHolcim desenvolveu “The 2030 Plan”, baseado nos "Objetivos de Desenvolvimento Sustentável - ODS" da ONU, em que define uma visão sustentável para os próximos passos de seu negócio. As metas do plano estão ligadas a: Clima, Economia Circular, Água e Natureza e Pessoas e Comunidade.

Neste Plano, a LafargeHolcim fixa metas quantitativas relacionadas com os impactos diretos e indiretos sobre todo o ciclo de vida dos produtos e serviços da empresa e se concentra em melhorar a sustentabilidade de suas operações e oferecer soluções inovadoras e sustentáveis. A empresa está empenhada em buscar parcerias para tornar a cadeia de valor da construção mais inovadora e consciente do uso de recursos e o impacto na natureza e em melhorar a vida das comunidades por meio de novas soluções.

"O Plano 2030” contribui para a melhoria das comunidades, planeta e consequentemente do negócio da LafargeHolcim e reafirma o compromisso da empresa em dialogar e trabalhar com as partes interessadas, construindo e mantendo relacionamentos de mútuo respeito e confiança.

Pensando em contribuir ativamente com o desenvolvimento sustentável das comunidades em 2010 a empresa aderiu a seu modelo de negócios, práticas sociais que promovem e oferecem acesso a comunidades de baixa renda a produtos, serviços e capacitações ligadas à construção e ao mesmo tempo alavancam as oportunidades de negócio da empresa, gerando maior eficiência e capacidade de escala para o modelo. Assim, nasceram as iniciativas de Affordable Housing.

Qual problema busca (buscou) resolver?

Quatro bilhões de pessoas em todo o mundo não têm acesso à habitação decente e mais de 800 milhões vivem em favelas. No Brasil, segundo o IBGE, 11,42 milhões de pessoas mora em favelas, o número corresponde a mais de 6% da população do país. Já no Rio de Janeiro, 22% da população da cidade mora em favelas, sendo o município com o maior número de moradores favelados do Brasil, 1.393.314 habitantes.

A maioria das habitações das favelas são construídas por mão-de-obra não qualificada sem assistência técnica e segurança, geralmente os cômodos são construídos pelos próprios futuros moradoras. Essas casas, em sua maioria, frágeis e inacabadas, sofrem problemas de ventilação, luz, possuem ausência de sanitários e estão em regiões sujeitas a desabamentos. 

Para atender essa necessidade, a LafargeHolcim desenvolve um trabalho mundial em mais 25 países, que oferece uma gama de soluções de habitação a preços acessíveis às populações que vivem em áreas de favelas. A empresa deseja proporcionar as populações de baixa renda acesso a uma habitação com um custo mais acessível, oferecendo uma ampla gama de soluções inovadoras para a construção, renovação e ampliação de casas.

Assim, a empresa apoia os moradores de comunidades carentes, por meio da promoção de melhorias em suas casas, proporcionando o aumento da qualidade de vida, conforto e condições de saúde e segurança.

Esta iniciativa fue postulada a la tercera versión del Premio Transformadores 2017 en la categoría de Negocios y Comunidades Sostenibles. Recibió una mención especial. 

Conoce más de esta experiencia aquí

Anterior Primavera Sostenible
Siguiente A grandes retos, un gran equipo

Name:
Email:
Subject:
Message:
x

Reciba nuestro boletín mensual

Buscar buenas prácticas